Textos de Vanessa Carvalho

"A sua consciência tem um peso maior do que a opinião de qualquer pessoa."




Mentira - Texto de Vanessa Carvalho

O mentiroso é aquele que tenta ludibriar, enganar.

Normalmente são pessoas dissimuladas que inescrupulosamente agridem o senso moral de quem estiver pela frente.

Ele subestima o outro e com o tempo a convivência com quem mente torna-se insuportável.

Você perde a confiança, a conversa não flui.

Você percebe que tem algo errado, fica na dúvida, tem medo de julgar e vira uma paranóia na tentativa de descobrir se o que fala é mentira ou não.

São pessoas hábeis, com poder de convencimento.

Não é fácil provar a inverdade das palavras ou atitudes ditadas por ele.

Muitas vezes é necessário buscar provas, com o intuito de alertar alguém de suas fraucatuas.

A pessoa que está mentindo emite alguns sinais, que os mais espertos conseguem se alertar e desconfiar.

É tanto mentiroso a incomodar, atrasar a vida de quem o encontra que existem livros e aparelhos que auxiliam a desmascará-los.

Pode ser pelo tom de voz, um gesto, um olhar, a postura física, até um coçar de nariz pode dar sinais positivos, que diante de você está um mentiroso.

Ele é capaz de prejudicar e muito a vida de quem convive com ele.

È possível que em alguns momentos você tenha mentindo, isso muitas vezes acontece com a intenção de amenizar os relacionamentos sociais.

Ás vezes, falar a verdade nua e crua pode machucar, ferir, e tomar o rumo de uma agressão.

Então, você fala que está indo dormir, ou não está se sentindo bem, dá uma desculpa qualquer, para fugir de uma situação da qual não está preparado.

Isso ocorre esporadicamente, não vai fazer mal a ninguém.

São mentiras simples, que não acarreta danos.

 O mentiroso é aquele ser que está agindo de forma ridícula, imatura e tem a falsa idéia de que o outro é o bobo da corte, quando na verdade, é o contrário.

Ele manipula, destrói relacionamentos.

É um ser abominável, longe está, de conhecer os valores morais que regem a humanidade.

Ele mente tanto, que chega acreditar nas suas próprias mentiras e o que menos espera é ser descoberto.

Se faz de vítima, inteligente, sensível, responsável, boa pessoa, só para atingir seus objetivos.

A mentira é progressiva ,você conta uma para encobrir a outra, até que chega o momento que fica  sem saída.

Quem mente é capaz de olhar bem dentro do olho e inventar uma história qualquer.

É todo gabaritado, e como se tivesse mestrado e doutorado vai em busca de suas presas.

Sem receio e empatia, ataca suas vítimas até o momento em que as máscaras vão se despencando.

A verdade, como um sinal de Deus, começa a entrar em ação, a sua intuição de que algo estava errado te faz ajuntar as peças e dar forma a um mosaico.

No início tudo estava muito confuso, mas agora o mosaico está completo.

Com ele sua casa não vai ficar bonita, a energia dele é carregada, as peças são falsas, o colorido não tem brilho.

O mosaico do mentiroso não acrescenta em nada na decoração, foi construído sem amor, sem compaixão.

Ele não pode dar beleza a sua vida.

Para  ter um que realmente dê luz, procure um que seja transparente, que tenha sido arquitetado em cima da autenticidade.

As peças que o mentiroso elabora não são de boa qualidade, são traiçoeiras.

São importadas da ignorância e coladas com mentira.

As peças verdadeiras possuem brilho próprio, são contagiantes e falam por si só.

Busque, investigue, analise, você vai sentir a diferença.

A mentira é antagônica da verdade e o tempo vai te falar quem anda com você.

Os sinais vão aparecendo, você vai conseguindo eliminar da sua convivência aqueles  que por um acaso cruzaram o seu caminho e  que de presente deixaram a triste realidade de que quem vê cara, não vê coração.